COBRANÇA ILEGAL DE MAIS DE 2 MILHÕES DE KWANZAS AOS ALUNOS LEVA DIRECTOR DE ESCOLA À CADEIA

0
574

Os directores geral e administrativo, bem como a secretária-geral do Liceu n.°42 “4 de Janeiro”, no bairro da Quizanga, província de Malanje, foram detidos, nesta terça-feira, por cobrança ilegal de valores monetários aos alunos da referida escola, para suposto pagamento das folhas de prova.

Mediante denúncia feita por um cidadão anónimo, os operacionais do Serviço de Investigação Criminal realizaram acções operativas que culminaram com a detenção dos três cidadãos, flagrados no interior da escola a fazer a recolha de valores de forma indevida à duas estudantes.

Os mesmos justificaram a cobrança com a comparticipação dos encarregados no pagamento das folhas de prova, com a taxa de oito mil kwanzas para cada aluno, o que levou-lhes a procederem a abertura de uma conta bancária, onde foi possível arrecadar AKZ 2.958.000.00 (dois milhões, novecentos e cinquenta e oito mil kwanzas), fruto da cobrança à 348 alunos.

Comentários do Facebook

Leave a reply