QUILACO ANTÓNIO PEDRO E KILSON GOUVEIA, O MESSI E O CR7 DA EGTI-EP

0
657

Os Administradores para área financeira e para área técnica da EGTI-EP, Quilaco Pedro e Kilson Gouveia, são acusados de praticar os crimes de corrupção, peculato, nepotismo e lavagem de dinheiro por pessoas lesadas e por parte de funcionários da própria EGTI-EP que vem acumulando provas ao longo dos anos.

Quilaco Pedro e Kilson Gouveia tem vendido terrenos e assinado documentos no lugar do PCA da EGTI-EP, os terrenos que tem vendido foram com o preço muito abaixo do metro quadrado do valor estabelecido por lei, o cliente paga um valor baixo na conta da EGTI-EP, e o resto já acordado vai para as contas de Quilaco Pedro e Kilson Gouveia ambos vêm amealhando biliões de Kwanzas ao longo dos anos que estão a frente da EGTI-EP.

A empresa chinesa MINISO – COMÉRCIO SA comprou 58 hectares no valor de 322.386.745,15 (Trezentos e vinte e dois milhões, trezentos e oitenta e seis mil, setecentos e quarenta e cinco Kwanzas e quinze cêntimos), com valor do Down Payment de 32.238.674,52 milhões de Kwanzas, quando deveria pagar no valor real a quantia de 1.700.776.280,04 (Mil milhões, setecentos milhões, setecentos e setenta e seis mil, duzentos e oitenta Kwanzas e quatro cêntimos).

Tem também o caso da empresa CONFÁRDIO COMÉRCIO GERAL LDA, que comprou 23 lotes de terras e neste momento estão a renegociar a redução do valor original do terreno que é de 8.372.171.514,68 (Oito mil milhões, trezentos e setenta e dois milhões, cento e setenta e um mil, quinhentos e catorze Kwanzas e sessenta e oito cêntimos), para um valor mais baixo e o resto ser pago novamente nas contas de Quilaco Pedro e Kilson Gouveia no exterior do país.

Está e outras informações já são do domínio da PGR, IGAE e do SIC que até agora não fizeram nada para travar o enriquecimento ilícito desta gangue dos terrenos.

Quilaco Pedro tem viagem marcada com toda sua família para o dia 21 de Dezembro de 2023, e suspeita-se que já não regressa ao país.

Comentários do Facebook

Leave a reply