Caso Lussati: PGR prende mais cinco militares

0
122

Cinco indivíduos afectos às Forças Armadas Angolanas (FAA) foram detidos pela Procuradoria-Geral da República (PGR), alegadamente depois de denunciados por Pedro Lussati como estarem envolvidos no  esquema de defraudação ao Estado.

 Márcia Pedro

Segundo fontes deste jornal afecto ao Serviço de Investigação Criminal (SIC), dão conta que Pedro Lussati até agora já denunciou 25 militares como estando envolvidos consigo no esquema de desvio do dinheiro do Estado.

Os cinco militares foram detidos depois de ouvidos pelo Procurador junto do SIC – geral, na passada terça-feira, 15. A mesma fonte dá conta que dos 25 citados no processo pelo major Pedro Lussati estão além de majores vários generais.

No que concerne ao processo confidenciou a nossa fonte que Fernando Garcia Miala, chefe dos Serviços de Inteligência e Segurança do Estado (SINSE), esta bastante apreensivo com o desenrolar do processo, pois teme que Lussati pode sair a qualquer momento.  

Soube-se até ao fecho da presente edição que se encontram interditos de sair do país mais de 30 militares nomes, que constam nos órgãos provinciais do Serviço de Migração e Fronteiras (SME), todos constituídos arguidos no âmbito do processo-crime 39/2021, conhecido como “Operação Caranguejo”.

A nossa alerta que alem dos cinco detidos na terça-feira. 15, estão ainda previstos serem detidos mais seis militares.  

Share this:

Leave a reply