Condenados a 22 anos de prisão: AGENTES DA PN QUE EXECUTARAM JOVENS NO TALATONA

0
598

Florindo Rodrigues e Joelme  Matias, ambos efectivos da Policia Nacional, foram condenados na pena de 22 anos de prisão pela primeira instância do tribunal da Comarca de Belas, pelo assassinato dos jovens Hélder Cavulo e Luís Falcão, ocorrido em 2022, no município de Talatona, imediações da ponte molhada

Felicidade Kauanda

No passado dia 23 de Outubro do corrente ano, o Tribunal da Comarca de Belas, condenou os efectivos da Policia Nacional Florindo Flávio Rodrigues e Joelme Matias,, afectos a brigada motorizada do Comando do Talatona, respondiam na qualidade de arguidos pelo crime de homicídio qualificado em razão dos meios, no tribunal da Comarca de Belas,  na 2ª Secção Criminal, sito no Benfica. por  executarem os jovens Hélder Cavulo e Luís Falcão de 19 e 22 anos respectivamente, na ponte molhada município do Talatona.

Desta feita, foram sentenciados  a 22 anos de prisão maior e expulsos da corporação assim como ao pagamento AKZ 2.500.000,00 (dois milhões e quinhentos mil kwanzas) para cada família dos malogrados a título de indemnização.

Com mais desenvolvimento no jornal físico.

Comentários do Facebook

Leave a reply