Marginais filmados a assaltar uma loja de telemóveis em Luanda detidos em Malanje por matarem um agente da PN

0
880

3° Sub-Chefe da Policia Nacional, Marcos Vieira José Caholo, 34 anos, foi mais uma vítima mortal de uma grupo de marginais composto por oito elementos que actuavam maioritariamente em Luanda. Parte do grupo, abandonou a cidade capital depois de ser filmado a assaltar uma loja de telefones na Mutamba.

Engrácia Francisco

O assassinato do 3° subchefe da PN ocorreu quando ao entrar em sua residência no bairro Carreira de Tiro, foi interpretado pelos marginais, ao reagir ao assalto foi alvejado mortalmente.

O grupo de denominado “Os Cabeça” composto por oito elementos, incluindo uma mulher, está envolvido em vários crimes de naturezas diversas. O gang é o autor do assalto há duas agências de telemóveis em Luanda, facto que viralizou nas redes socias e, do roubo de mais de oito milhões de kwanzas no interior de uma viatura de marca toyota, modelo Hilux, na via-expresso, Avenida Fidel de Castro.

De acordo com o porta-voz do SIC em Malanje, Inspector-Chefe Augusto Barros André, “os elementos confessaram ainda terem praticado diversos crimes na Província de Luanda a destacar Roubos com recurso à arma de fogo de diversos computadores, telemovéis e tablets em duas agências, na Mutamba e na Avenida Brasil”, disse.

Fazem parte deste grupo perigoso cidadãos identificados por, Famoroso João Sebastião, mais conhecido por Sabadão, Nilson Miguel Figueira tcp, Kote, Eliseu Figueira Futa tcp, Taigar, Miguel Afonso, tcp Bruxo, Evanilson José Nzunza, tcp Tchutchu, Francisco Roque, tcp Boy Dji e Eva Figueira Victor tcp Vania, com idades compreendidas de 21 a 29 anos.

Os meliantes através de informações dadas por comparsas naquela localidade, invadiu à cada de um reformado da sonangol, no bairro Carreira de Tiro, com recurso a arma de fogo, roubou 20 mil dólares, mil randes, 150 euros e 180 mil kwanzas.

SIC-Malanje sai à rua e captura grupo considerado altamente perigoso

Face os constantes crimes de roubo com recurso a mão-armada em Malanje, com maior realce nos bairros Carreira dr Tiro e Cangambo, o Serviço de Investigação Criminal, atráves dos seus Departamentos Operativos, no âmbito do combate a criminalidade, realizou um aturado trabalho investigativo, com propôsito de se determinar e esclarecer tais crimes.

“Fruto de um aturado trabalho de inteligiência criminal desencadeado pelos efectivos deste Órgão, foi possivel desmantelar uma Associação Criminosa denominada os Cabeça envolvidos nos crimes de Homicídio Qualificado em razão dos motivos, roubo de valores monetários com recurso a Arma de fogo no interior de residência onde os implicados retiraram 20.000usd, 1.000.00 Randes, 150 €uros, 180.000.00kz e Roubos no interior de residência onde os mesmo subtrairam fios de ouro, nos bairros da Carreira de Tiro e Cangambo”, descreveu.

Foi possível deter um indivíduo em posse de uma pistola com respectivo carregador, e outro em posse de uma caixa contendo 57 munições.

Faz parte do grupo de marginais um efectivo das Forcas Armadas Angolanas tido como o fornecedor das Armas de Fogos e munições usadas pelos meliantes, comercializava ao preço de duzentos e cinquenta mil kwanzas e as munições há cinquenta mil kwanzas por caixa.

Materiais recuperados

Salientar que as investigações levadas a cabo pelos efectivos do SIC-Malanje foi possível a recuperação de 3.300.00 usd, 150 €uros, 1.700.00 Randes, 524.000.00kz, duas pistolas com três carregadores de marcas gericho e star e 94 munições, cartões multicaixa de BPC, BCI, Keve e fios de ouros.

O jornal sabe que os implicados foram presentes ao Ministério público para trâmites que se impõem, tendo sido conduzidos ao Establecimento Prisional de Malanje.

Comentários do Facebook

Leave a reply