“Operação Mutimba”: FORÇAS DE SEGURANÇA APREENDEM MAIS DE 4 MIL LIVROS ESCOLARES NO CUBAL

0
732

O Serviço de Investigação Criminal e os Serviços de Sector na província de Benguela apreenderam, ontem, no bairro da Calomanga, município do Cubal, um total de quatro mil, 794 livros que se encontravam na residência do ex-director da escola primária 11 de Novembro, cita no Bairro Lumaum.

De acordo com informações passadas pelos dois órgãos do Ministério do Interior, a apreensão ocorreu durante uma micro operação realizada no bairro da Calomanga, concretamente na residência do ex-director do referido estabelecimento de ensino, Lino Kalepeta, onde, na ausência deste, a filha, Teresa Kalepete, de 20 anos, autorizou a entrada e revista pelas forças, que encontraram os manuais num dos quartos.

Na ocasião, foi possível recuperar três mil e 70 livros da disciplina de Matemática (2.ª classe), 230 de Género Humano e o Ambiente e 111 de História (6.ª classe), dois de Geografia (5.ª classe), sete de Educação Manual e Plástica e três de Educação Musical (3.ª e 4.ª classes), todos da Reforma Educativa em vigor.

Dos livros apreendidos pelas autoridades, após a denúncia anónima de um cidadão, constam, também, um de matrícula, três de ponto, 563 de relatório descritivo para as classes de transição automática, 1.ª e 3.ª, e 807 cadernos de avaliação da 2.ª e 4.ª classes.

“Do contacto mantido com o chefe da Repartição Municipal da Educação, Pedro Vitória Salvador, este informara que nada tem a adiantar sobre a distribuição dos livros, por ser novo no cargo. Porém, prontificou-se a prestar informações tão logo tiver dados precisos. Por outro lado, diligências estão em curso para localizar e trazer sob custódia o ex-director em causa (Lino Kalepeta), que de momento encontra-se a residir numa das aldeias por identificar, no município do Cubal”, referem as autoridades.

Comentários do Facebook

Leave a reply