DETIDO CIDADÃO QUE MATOU A ESPOSA CARBONIZADA

0
979

Oito meses depois, o Serviço de Investigação Criminal (SIC) apresentou à imprensa, na passada terça-feira 12, o cidadão Ângelo da Silva Feijó de 47 anos de idade, farmacêutico de profissão, que era procurado pela justiça por ter matado a esposa.

Carolina Gaspar

Ocrime ocorreu no bairro Zango – 3, município de Viana, no dia 3 de Agosto de 2021, por volta das 16 horas, Ângelo da Silva Feijó e Antónia Paulo, a vítima, saíram da residência onde coabitavam, abordo de uma viatura de marca Rav 4, cor marrom, com pretexto de irem às compras.

Para o espanto de tudo e todos, horas depois, Ângelo da Silva Feijó regressou a casa sozinho, anunciando aos familiares da esposa que a mesma tinha desaparecido de forma misteriosa. 

Desconfiados da versão passada pelo cunhado, os familiares informaram a ocorrência ao SIC, que, de imediato, abriu um processo de investigação.

Entretanto, três dias depois das diligências efectuadas, surgiu a triste notícia de que o corpo de Antónia Paulo foi encontrado totalmente carbonizado, no Zango-1, no interior de um tanque de água.Submetido à autópsia, apontou que, antes de morta, tinha sido torturada, asfixiada e, posteriormente, carbonizada. A pergunta que todos faziam era sobre a identidade do autor de tão macabro acto criminoso 

A resposta surgiu no resultado dos exames de perícias efectuados nas vestes de Ângelo Silva Feijó, o esposo, o vestígio de sangue na sua roupa confirmou a autoria do macabro crime. 

Na apresentação, estiveram os familiares da vítima que, incrédulos e inconsoláveis, falaram à imprensa sobre o comportamento quase que irrepreensível do mesmo, mas que, a partir do dia do acontecimento, tornaram-se suspeitos.

 

Comentários do Facebook

Leave a reply