LUTA ENTRE GANGUES TERMINA EM TRAGÉDIA

0
180

Marginais tentam assaltar residência de um indivíduo do grupo rival e um deles termina morto, no bairro Simeone, município do Talatona. Autor do crime segue foragido.

Engrácia Francisco 

Tudo aconteceu na tarde do pretérito dia 24 de Julho, quando elementos do grupo ‘UTB’ decidiram assaltar a cantina que fica na casa de Isaías Bando, membro do grupo rival denominado ‘Colômbia’. 

Sozinho em casa, o jovem tentou impedir o assalto, mas foi apanhado e arrastado até fora pelos meliantes que se faziam armados de facas, catanas, pedras e outros objectos contundentes. 

Já nas garras dos marginais, o jovem Isaías Bando foi desferido vários golpes pelo corpo todo que o levaram à morte. 

“Ele levou um golpe de faca no pescoço e no peito”, descreveu aos prantos Elvira Maria, mãe da vítima mortal. 

Após ser esfaqueado, o jovem arrastou-se até à casa dos pais, onde caiu inanimado na sala. “Os amigos o encontraram estendido ao chão da sala todo ensanguentado”, disse, acrescentado que, “foi socorrido no Hospital Geral de Luanda onde foi declarado o óbito”, conta. 

Marginais vingam a morte do comparsa e criam instabilidade no bairro

Apercebendo-se da situação, os comparsas da vítima, pertencentes ao grupo ‘Colômbia’, iniciaram uma rixa com os invasores. 

A tarde de domingo, 24, foi tida pelos moradores daquela localidade como uma das piores “aquilo foi horrível, menores de idade e não só numa disputa infernal com catanas, facas, pedras tiraram-nos toda a tranquilidade”, lamentou um dos moradores.

Família pede justiça 

Os familiares da vítima clamam para que a justiça seja feita. “Esperamos que o jovem seja detido e pague pelo que fez”, clamam. 

Por outro lado, a mãe reconheceu que o filho fazia parte do grupo Os Colômbia, mas… há sensivelmente dois meses que o mesmo abandonou a vida do crime. “O meu filho entregou-se na igreja e nunca mais o vimos envolvido em actos criminosos “, disse. 

Nesta altura os familiares temem que o caso desvie do seu curso normal pelo que o pai do suspeito é funcionário da fiscalização no bairro Camama. “A Polícia e os fiscais têm boas relações, por isso, tememos que esse jovem não pague pelo crime que cometeu”, afirma Jacinto bando, tio do malogrado. 

SIC realiza busca no bairro

Após tomar conhecimento do crime de homicídio com arma branca, o Serviços de Investigação Criminal, afecto ao Comando do Talatona, deslocou-se até ao interior do bairro e recolheu vários indivíduos tidos como meliantes.

Este jornal apurou que Batista António Morais, vulgo ‘Toy-K’, é tido como sendo o responsável do crime e até ao fecho da presente edição era dado como foragido da justiça.

Segundo as autoridades locais, diligências prosseguem para a detenção dos membros do referido grupo envolvidos em actos criminais.

Share this:

Leave a reply