MÃE E FILHO ESPANCADOS ATÉ A MORTE

0
1095

Uma criança de seis anos de idade, na comuna da Lucira, província do Namibe, presenciou o assassinato da mãe e de seguida foi morta pelo avô, alegadamente pela progenitora estar em falta dos 100 kwanzas que a solicitou.

O Serviço de Investigação Criminal explica que, enquanto as vítimas tomavam o pequeno-almoço, o acusado solicitou que fosse servida a mesma refeição para si, porém não havia sobrado.

Assim, prossegue o SIC, solicitou 100 kwanzas à sobrinha, Vivi Trindade Janeiro, e, por não ter sido atendida a solicitação, começou a agredi-la com catana, tendo afectado a região craniana, costas e braço direito, pelo que teve morte imediata.

O pequeno Elias Quintas, que presenciou a morte da mãe, tentou escapar da fúria do avô, mas foi perseguido e submetido à mesma tortura, até à morte.

O ora prófugo, de 53 anos, já está à contas com a justiça e foi apreendido, também, o objecto usado para cometer o crime.

Comentários do Facebook

Leave a reply