NA HUILA: detido efectivos da PNA por extorquir taxistas

0
206

Deitidos na província da Huíla três efectivos da Polícia Nacional afectos ao Comando Municipal do Lubango, no passado dia 13 de Outubro, acusados de extorção a taxistas para livrarem-se de  multas pelas infracções cometidas.

Leal Mundunde

Insatisfeitos pela postura dos efectivos da Polícia destacados na área das três pontes, na Huila, os taxistas denunciaram no mesmo dia à Inspecção Geral da Administração do Estado(IGAE), cujos Inspectores deslocaram – se prontamente ao local.

Acompanhados com os efectivos do Comando Provincial da Polícia e os Especialistas da Direcção de Investigação de Ilicitos Penais(DIIP), flagraram os acusados a pedirem a famosa “gasosa”, para que os taxistas não fossem multados.
Na ocasião, um dos Agente de 3ª Classe, supostamente foi encontrado a receber da mão de um dos taxistas a quantia de 6 mil kwanzas.

Um outro “Homem da farda azul”, que ostenta a patente de Agente de 2ª Classe, foi surpreendido a recepcionar 2 mil kwanzas. Este, que antes havia alegadamente recebido 34 mil kwanzas.
O 3º Agente da Polícia, supostamente foi encontrado a receber mil kwanzas, enquanto que, antes já tinha em sua posse 54 mil kwanzas.

Contabilizando, pelo que apuramos, no período das 12h00 as 14h30 do dia 13 de Outubro, os três afectivos receberam indevidamente uma quantia de 97 mil kwanzas aos taxistas.

Em função das provas existentes, os agentes em questão vão ser apresentados a qualquer momento ao Ministério Públicos para os devidos procedimentos legais, onde poderão responder pelo crime de corrupção .

Este não é um assunto recente na província da Huila, tendo em conta as várias denúncias que têm surgido.

Este ano, dois cidadãos  de 38 e 52 anos afectos ao Posto da zona do Toco, no Lubango, foram flagrados pela Inspenção Geral da Administração do Estado, a extorquirem taxistas no valor de 12 mil e 200 kwanzas.

Comentários do Facebook

Leave a reply