MARIANO BRÁS CONSTITUÍDO ARGUIDO POR ELEGER PR A PIOR FIGURA DE 2020

0
730

O jornalista e director do jornal O Crime, Mariano Brás, foi ouvido na passada terça-feira, 24, na Direcção de Combate ao Crime Organizado do Serviço de Investigação Criminal, pelo instrutor Rogério Miguel, durante quatros horas.

No referido interrogatório, foi informado de que foi constituído arguido, processo n.° 01/020/-05, pelos crimes de Ultraje ao Estado, seus Símbolos e Órgãos, Injúria, Difamação e calúnia, cujo lesado é o Presidente da República, João Manuel Gonçalves Lourenço.

Mariano Brás esteve presente, no interrogatório, com o seu advogado Salvador Freire dos Santos.

O interrogatório, segundo Mariano Brás, ocorreu normalmente, tendo sido recebido de forma cordial, tanto pelo instrutor do processo, assim como o director daquela instituição. O jornalista disse que o passo a seguir pode ser o tribunal.

Mariano Brás já tinha sido ouvido, a 12 de Fevereiro de 2020, a propósito do mesmo processo, em que se supõe ser queixoso o Presidente do MPLA, João Manuel Gonçalves Lourenço, que também é presidente da República.

Ter-se-á sentido ofendido devido ao teor da última capa de 2020 do jornal O Crime, que o elege como a pior figura do ano, com o título “Demagogo e Hipócrita”.

Share this:

Leave a reply