No Cazenga: JOVEM É BRUTALMENTE ASSASSINADO POR MEMBROS DE GANGUE

0
180

Diniz Caetano Chaves Guilherme, 18 anos, foi atingido com vários golpes de tesoura, no pescoço, no passado dia 27 de Novembro, enquanto decorria uma rixa entre duas gangues rivais, rua do Facebook, tida como uma das zonas mais perigosas do bairro Terra Vermelha, no município do Cazenga, em Luanda.

Por: Engrácia Francisco

De acordo com informações, o crime teria ocorrido por volta das 15 horas, na rua do Facebook, enquanto a vítima estava de trânsito em direcção à casa de uma tia, na mesma rua, quando foi abordada por integrantes de um dos grupos que, sem dó nem piedade, o desferiram vários golpes, com recurso a uma tesoura.

Laurinda Garciane Chaves, a mãe do jovem, contou à nossa reportagem que só se apercebeu do que havia acontecido ao filho, quando a sua filha viu o irmão a ser transportado por vizinhos para um hospital. “Encontrei o meu filho no hospital da Somague, completamente desfigurado, e a ser-lhe administrado um balão de soro”, explicou, acrescentando que aquele procedimento era apenas um primeiro socorro, tendo, a posterior, sido transferido para o hospital Josina Machel, tendo em conta a gravidade dos ferimentos.

Aliás, disse Laurinda Chaves, ao chegarem no hospital Josina Machel, o jovem foi de imediato encaminhado para os cuidados intensivos, onde depois foram aconselhados pela equipa médica a regressarem para casa e aguardar pelas notícias. “No dia seguinte ao chegarmos no hospital, por volta das 8 horas, recebemos a triste notícia do seu falecimento”, lamentou.

Visivelmente magoados com a perda do filho, mais a mais pela forma cruel como Diniz veio conhecer a morte, clamam agora pela justiça.

Os supostos marginais que estiveram na origem da morte de Diniz Caetano Chaves Guilherme, de 18 anos, continuam à solta e não se lhes é conhecido o paradeiro.

Bairro transformado em campo de batalha por marginais

O bairro Terra Vermelha, no município do Cazenga, foi tomado de assalto pelos diversos grupos de marginais ali existentes, que, não raras vezes, transformam as suas ruas em autênticos teatros de guerra, disputando entre si o controlo da circunscrição.

A morte de Diniz é apenas um exemplo do quão sofrível tem sido a vida dos pacatos cidadãos que têm naquela zona de Luanda como domicílio.

As forças da ordem naquela zona, segundo moradores, têm sido impotentes para combater estes grupos de marginais.

Share this:

Leave a reply