PGR DETÉM 20 CIDADÃOS POR SUBTRACÇÃO E VENDA ILEGAL DE CHAVES EM BENGUELA

0
519

A Procuradoria-Geral da República, na Comarca do Lobito, em Benguela, deteve, recentemente, 20 cidadão envolvidos na subtracção fraudulenta e venda ilegal de chaves nas centralidades do Lobito e Luhongo, naquela província.

O órgão justifica a detenção “por existirem fortes suspeitas de furto, burla por defraudação, associação criminosa, tráfico de bens roubados e outros, recebimento indevido de vantagens, corrupção passiva e activa e tráfico de influências”.

Informa, de igual modo, que, depois de ouvidos, 11 arguidos foram postos em prisão preventiva.

Na nota a que este jornal teve acesso, constam, entre os detidos, funcionários da Direcção Provincial de Benguela do Instituto Nacional da Habitação, do Governo Provincial de Benguela, da Imogestin-Benguela, do Tribunal de Comarca de Benguela, da Administração Municipal e do Serviço de Investigação Criminal do Lobito.

Share this:

Leave a reply