SIC APREENDE NOTAS FALSAS

0
629

O Serviço de Investigação Criminal (SIC) apresentou na passada quarta-feira, 18, em Luanda, dois indivíduos de nacionalidade angolana, de 29 e 56 anos, detidos por posse e tentativa de colocação em circulação de 46 milhões de kwanzas e 117 mil dólares falsos, que foram apreendidos. Os dois indivíduos fazem parte de uma rede composta por mais outros quatro elementos foragidos.

Por: Engrácia Francisco

Fernando de Carvalho explicou que, por se tratar de uma modalidade criminal com graves prejuízos à economia do país, o SIC/Luanda realizou, nos dias 7 e 8 deste mês, uma mega operação no município do Cazenga, com a finalidade de desmantelar a rede de falsificadores de moeda.director do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa do SIC/Luanda, superintendente Fernando de Carvalho, disse que pesa sobre a rede os crimes de passagem e colocação em circulação de moeda falsificada, associação de malfeitores e posse ilegal de armas de fogo.

De acordo com Fernando de Carvalho, cada nota falsa de 100 dólares era comprada, fundamentalmente, por chineses, a 50 dólares verdadeiros e por cada cinco mil kwanzas falsos pagavam dois mil e quinhentos kz.

Na operação, comandada pelos Departamentos de Investigação do comando de Divisão de Polícia do município do Talatona, foi possível a detenção de apenas dois elementos, membros integrantes de uma rede de malfeitores composta, aproximadamente, por seis elementos.

“As moedas não chegaram ao mercado, porque o SIC apareceu minutos depois de eu receber o dinheiro”, disse um dos suspeitos.

Dentre os acusados, está um militar reformado das FAA, que se dedicava a trabalhos de intermediação de vendas de casas, terrenos e viaturas, que alegou, em entrevista ao O Crime, que entrou no negócio por necessidades financeiras e que receberia dez por cento pelo trabalho, caso o negócio viesse a se concretizar.

No fim, o SIC/Luanda alertou os cidadãos a não se deixarem influenciar por negócios duvidosos, sob pena de serem responsabilizados criminalmente. Às instituições bancárias o conselho vai no sentido de redobrarem a atenção aquando da recepção de valores para depósito.

Comentários do Facebook

Leave a reply