Calou-se para sempre a voz de Edgar Cunha

0
1116

Edgar Cunha faleceu esta quarta-feira, 5, em Lisboa, Portugal, aos 58 anos, vítima de prolongada doença.
Como mais de 30 anos ao serviço da Televisão Pública de Angola, onde dava rosto e voz ao principal serviço noticioso daquela estação de televisão, Edgar Cunha foi ainda convidado a apresentar o programa ‘Repórter RTP África’, da RTP, onde ficou cerca de dois meses.
Enquanto profissional da comunicação social, integrou caravanas presidências ao estrangeiro, dentre as quais uma ida ao Vaticano em que foi saldado pelo falecido Papa João Paulo II. Em 2011, foi nomeado como adido de imprensa de Angola em Cuba, onde permaneceu por quatro anos.
Dono de um vozeirão peculiar, nos últimos meses Edgar Cunha estava a lutar contra um cancro do qual estava a receber tratamento no Instituto Português de Oncologia, na capital portuguesa, onde veio a falecer na manha de hoje.
Edgar Cunha deixou viúva e dois filhos, dentre os quais Patrick Cunha, de 35, professor da Universidade Lusíada de Angola.

Comentários do Facebook

Leave a reply