NOTA DE ESCLARECIMENTO

0
1350

O jornal O Crime serve-se da presente nota para esclarecer o seguinte:

O jornal publicou, na sua edição n.º 115, pág. 24, na editoria de Sociedade, uma matéria com o título: “Esposa de Paulo da Mata afirma: “Meu Marido Não Morreu de Covid-19” – da qual cita como fonte a esposa do antigo jornalista, falecido em Julho deste ano, por doença.

Depois de ter contacto com o jornal, a esposa do finado jornalista manifestou, junto do órgão, a sua indignação, pelo facto de ter sido citada como sendo a fonte da referida informação, o que constitui uma inverdade.

Levando em consideração a manifestação de repulsa desta cidadã, e tendo em conta que tal tem razão de ser, o jornal O CRIME esclarece que houve um mal-entendido por parte da repórter encarregue na realização da aludida matéria, do qual aproveitamos esta ocasião para endereçar à lesada as nossas mais humildes e sinceras desculpas.

Todavia, cumpre-nos informar que esta informação foi-nos passada por uma fonte fidedigna, que domina os meandros do processo, que, no entanto, solicitou anonimato. Ademais, esclarecemos que o teor da matéria ora publicada vem exposto, sem a extracção de algum detalhe, na denúncia que nos foi fornecida pela fonte.

Comentários do Facebook

Leave a reply