Passagem de ano: LUANDA DESTACA-SE ENTRE OS 120 CRIMES REGISTADOS EM TODO O PAÍS

0
714

Luanda foi a província com maior registo de crimes durante a passagem de ano. De um total de 120 crimes, de natureza diversa, registados em todo o território nacional, 34 ocorreram na capital.

De acordo com o director de Segurança Pública e Operações do Comando Geral da Polícia Nacional, que falava à imprensa para o balanço provisório do ponto da situação operativa do país, as maiores ocorrências tiveram lugar, além de Luanda, nas províncias da Huíla (17), Huambo (11) e Benguela (07).

Destes crimes, 64 foram esclarecidos e 96 presumíveis autores ficaram detidos. O comissário Orlando Bernardo anunciou, também, a apreensão de cinco armas de fogo e a recuperação de outras duas, na capital do país. De igual modo, uma viatura e três cabeças de gado bovino.

Quanto ao trânsito rodoviário, foram aplicadas 138 multas, por infracções diversas ao Código de Estrada, e apreendidas 20 viaturas, 21 motociclos, 34 cartas de condução, 21 livretes e 12 títulos de propriedade.

Já o Serviço de Protecção Civil e Bombeiros registou um total de 20 ocorrências, mais duas em relação ao período homólogo de 2019, três mortes, uma por afogamento e duas por acidente de viação.

Ainda neste domínio, Orlando Bernardo informou que a província de Luanda registou um total de cinco incêndios, ao passo que Cunene e Huíla tiveram uma invasão de abelhas. Por outro lado, Uíge registou um derrame de combustível e no Bengo 28 cidadãos foram socorridos para as unidades hospitalares, em consequência de um acidente de viação.

Comentários do Facebook

Leave a reply