“A Líria para mim é uma lenda”

0
351

Foi num ambiente de lágrimas, saudades e várias revelações que decorreu a entrevista com uma das amigas da jovem Líria Vanessa, acusada de contaminar voluntariamente vários cidadãos com HIV e exibir teste falso para provar que não era seropositiva.

Pessoas próximas à acusada optam  em não falarem publicamente sobre o assunto, mas este Jornal conseguiu, depois de vários contactos,  entrevistar  Georgina Jorge, acusada de ser uma das responsáveis pelo vazamento do áudio da conversa que manteve com o ex-marido de Líria Vanessa.

O Crime – Como conheceu a Líria Vanessa e o ex-marido?

Georgina Jorge (GJ) –  Primeiro conheci a Líria Vanessa na agência de modelos, porque somos colegas. Ficamos a conversar e vimos que tínhamos muita coisa em comum. Ela recebeu-me em sua casa com amor e carinho. A família dela abriu o coração para mim, praticamente eu era filha daquela casa. Em dois meses que tivemos juntas, a mãe depositou toda confiança em mim, ela própria também, mas não contava que ela poderia fazer isto comigo (esconder-me o seu estado de saúde).

Como descobriu que a Líria era supostamente portadora de HIV?

Uma vez eu estava a fazer limpeza em casa dela, no quarto das irmãs dela mais nova, peguei no gilete dela e depois ela disse para não usar, pois era da Líria. Questionei o por quê não podia usar e ela respondeu: “não usa mesmo. Depois deram-se toque com uma outra irmã… ela me perguntou: você não sabe que a Líria é seropositiva”?

Como descobriu que a Líria era supostamente portadora de HIV?

Uma vez eu estava a fazer limpeza em casa dela, no quarto das irmãs dela mais nova, peguei no gilete dela e depois ela disse para não usar, pois era da Líria. Questionei o por quê não podia usar e ela respondeu: “não usa mesmo. Depois deram-se toque com uma outra irmã… ela me perguntou: você não sabe que a Líria é seropositiva”? respondi que não. Não sei. Apesar de tudo isso não liguei porque é alguém que anda com um teste negativo no telemóvel. Não tenho como desconfiar. Também nunca toquei no assunto. 

Chegou de usar o gilete?

Ninguém chegou de usar porque ela também tinha muito cuidado com as coisas íntimas dela. Eu pequei o gilete, não era para utilizar. Foi onde partiu a conversa, eu também ouvi apenas e não liguei. 

Como teve a certeza do estado de saúde da Líria?

Passou-se muito tempo de amizade. Nós partilhamos o mesmo tecto, comíamos, bebíamos e saiamos juntas, praticamente éramos como irmãs, eram dois meses onde a Líria estava eu também estava e os nossos afectos eram muito fortes que ninguém tinha como esconder algo uma da outra. Só que, acho que o mês passado (Junho) é que as coisas já estavam a começar a dar bum.

Nós fomos a um evento no Kilamba, era um domingo, na festa estava tudo bem graças a Deus. Saímos daí e fomos até à rotunda do Camama onde também tinha lá um bar. Nós ficamos até à meia-noite. Depois a Líria saiu com alguém. Eu e a Alexandra também fomos dormir em casa de alguém.

De manhã cedinho, ela liga-nos: Djo, eu estou aqui debaixo do prédio da Alexandra onde é que vocês estão? Eu respondi  que estávamos em casa do Roger. Pediu para encontrarmos ela urgente porque estava a sentir-se mal. Nós ficamos preocupadas e pedi para ela subir no prédio da Alexranda e tomar banho. Ela, disse que estava bem. 

Passou-se 30 minutos a Líria mandou uma mensagem bem estranha, parecia alguém que ia retirar a sua própria vida. Então, a Alexandra viu a mensagem e não queria mostrar o conteúdo e depois de alguns minutos eu bem inocente, a mãe dela liga-me: “Djo, onde estás? Estás com a Líria”?

Eu até menti e disse que me deixei com a Líria há dois dias. Ela disse-me  que vai subir ao papá. A mãe desligou o telemóvel. Depois o ex-marido da Líria também me ligou depois de cinco minutos, perguntou como estou e se estava com a Líria. Disse que não estou com a Líria… ele depois tocou na mensagem. Eu disse: oh! Ela também te mandou este tipo de mensagem? Ele disse que sim. Então a minha cabeça ficou dolorida.

O que dizia a mensagem?

Não lembro muito bem, mas a mensagem que mandou à Alexandra dizia o seguinte: 

“Olá, minhas amigas!

Como vocês estão ? 

…Cuidem bem da Djo e cuidem do meu filho, mesmo que eu não existir, por favor cuidem do meu filho”.

Eu fiquei: meu Deus! Como ela está a enviar este tipo de mensagem?

Eu peguei no meu telemóvel, carreguei o saldo, liguei para ela e já não atendia mais o telemóvel.  Mandei mensagem para ela, não queria responder. Não estava a dar nenhum sinal. Um tempo depois, ela ligou e disse: “Djo,  não quero falar contigo, quero estar sozinha”. Eu disse: Líria, amor, por favor, me fala onde é que você está e eu vou até lá, mas a Líria pegou e desligou o telemóvel. Até liguei a alguém para nos pôr em conferência. Quando escutou a minha voz,  desligou. 

Eu tive que manter  a calma. Fiquei fria, porque eu desmaio mesmo quando estou muito alterada, só que depois o Júnior, o seu ex-marido, voltou de novo a ligar-me e ficou a explicar-me. 

“Djo, você sabe da situação? a Líria é seropositiva há mais de cinco anos”, eu só disse: Hi, hum! 

“Você sabes disso”?

Eu só disse hum! Fiquei, porque eu até poderia falar,  mas não tinha bem a certeza, mas só disse que sim e ele disse-me: 

“Oh! Estás a ver, vocês não ajudam a Líria em nada, como estão aí nos áudios a fazar e não sei quem meteu a circular”!

Depois nós ficamos a  conversar. Ele ficou  a me contar toda a história e disse-me o seguinte: “se ela não foi capaz de falar nada,  claro que também é capaz de te matar. Como é que vocês são tão amigas e ela escondeu isso”? O ex-marido foi conversando comigo, foi explicando bem a situação!

Como é que a vossa conversa vazou nas redes sociais?

Olha, sendo sincera eu também não sei, porque o meu telemóvel grava todas as conversas automaticamente. As únicas pessoas que tiveram acesso a este áudio é eu e o Zé Manuel, porque o Zé Manuel é o que foi prendê-la, era o namorado. Alexandra estava a explicar para ele e não estava acreditar. Pediu uma prova, porque é algo grave e disse que não adianta nós irmos capturar alguém e chegarmos aí ninguém tem provas e vocês é que vão ficar lá. Eu falei: acho que gravei a conversa e mostrei para ele. Ele me disse que estava bom. 

Pediu para lhe mandar, mas eu disse que não podia mandar isso. Ele disse: “Djo, se você ficar calada é problema, se você também falar será outro problema”…eu disse está bom.  Peguei os áudios e mandei todos no Zé Manuel. Só que, o que depois aconteceu eu já não sei mais. É quando o ex-marido ligou novamente e me disse: “Djo,  se você está no Kinaxixi, foge daí porque a  qualquer momento a Líria vai ser detida.

Quando é que recebeu esta ligação do ex-marido?

Acho que foi no dia 4 de Julho. Depois da detenção. De tarde também chamaram as amigas para ir prestar depoimento. Cheguei à esquadra e o investigador ficou a interrogar-nos se sabíamos a quanto tempo? A princípio não investigaram Alexandra. Foi apenas eu… expliquei que tomei conhecimento desta história somente hoje, por intermédio do ex – marido dela. 

Eu não estava  aguentar mais, como eu fui parar lá, como é que as coisas abrangeram deste jeito e por que ela me escondeu!

Eu tinha conhecimento, mas eu não tinha certeza, ela também não me dava motivos para desconfiar, pois vivia como se fosse uma pessoa normal. Curtia festas e, se hoje eu conheço bem a cidade de Luanda, é graças à minha amiga. É uma lenda para mim. Pisar em festas e vários sítios é graças a ela (lacrimejou).

Voltando ao assunto da esquadra, não demorou muito tempo e a mãe dela veio e acho que a mãe disse que a moça não tem nada a ver, referindo-se a mim.

Eu na esquadra chorei e pedi para ver o rosto da minha amiga. Eu pedi por favor e disseram-me está bom, vais vê-la. Eu fui  vê-la, pedi um abraço nela, não me deu.

Eu falei: Líria, por que você não me contou nada? Ela não me disse nada, porque praticamente se eu tivesse conhecimento da própria doença dela, eu sempre conversaria com ela (novamente lacrimeja).

“Deixem o filho dela fora disso”

Dizem que o filho também está infectado…

Pessoal, deixem de falar à toa. O filho não tem nada a ver com esta doença porque não amamentou o peito. Além disso, ela adquiriu esta doença segundo o marido, quando o bebé tinha um ano e de acordo com a mãe, ela só  descobriu esta doença no ano passado, em  Novembro. 

As informações a que tivemos acesso, dizem que foi infectada por um motoqueiro da organização denominada MOTARDES… 

Risos. Olha, essa história é um pouquinho engraçada, porque eu sou apenas amiga dela há dois meses. Esse mundo MOTARDES, eu sou inocente, não conheço “Os amigos da Picada” e eu não sei muito bem. Não sei mesmo dizer quem lhe passou, porque já lhe encontrei com esta doença. Só estamos juntas há dois meses e somos tão próximas, como se fosse já amizade de muito tempo. 

As nossas fontes dizem que a  Líria manteve relação sexual com mais de 20 motoqueiros dos Motardes e, eventualmente, transmitido-os o vírus do SIDA. Domina esta informação?

Eu não sei. Se vocês investigarem bem esta informação é de muito tempo  e eu, só conheço ela há dois meses e não tenho acesso a todas essas informações. A Líria sempre cuidou de mim como um ovo mesmo. A maioria dos Motardes que se aproximavam e pediam o meu número, ela não aceitava. Se me encontrasse a conversar com alguém ela falava: Djo…estou a sentir ciúmes. Ela cuidou de mim tão bem. 

Nunca procurou saber por que a Líria a protegia desta forma?

Não. Nunca desconfiei porque eu sabia que é minha irmã. Nós somos mesmo tão próximas.

“Sinto a minha vida em perigo” 

Sobre a lista contendo mais de 100 pessoas que a mesma supostamente contaminou  e está a circular nas redes sociais, como amiga, conhece alguns dos citados?

Aquela lista eu digo que é mentira, porque eu pude ler, a maioria dos nomes não conheço!  Sempre que vaza uma coisa, tem várias fontes que divulgam informações. A maioria são mentiras. Aquela lista digo que é mentira, porque eu não conheço. No fim escreveram que são os Motardes. Não façam isso. 

Uma mensagem à Líria Vanessa…

Líria, minha amiga, você sempre será uma lenda para mim. Mesmo você não querer falar comigo, eu não tenho mágoa contra ti. Isto tudo que está acontecer não é por minha culpa  e eu não sei como é que as coisas chegaram a este ponto. Eu amo-te muito você sabe muito bem disso. Eu não me canso de dizer. 

Sobre o Zé Manuel, dizia que foi um dos responsáveis para a detenção da Líria Vanessa. O mesmo é agente da Polícia Nacional?

Não sei. 

Durante este período, em que a informação vazou, temos relatos que não se sente segura…

Eu  temo muito pela minha própria vida! Eu sei que aquele áudio pode custar a minha própria vida, mas confesso que não fui eu e nem sei quem foi. Assim podia vazar para ter fama? Quem me conhece bem, saberia logo que aquela voz era minha. Eu não tenho como fazer isto com ela. 

Durante estes dias,  a família da Líria já entrou em contacto consigo?

Ainda não. O ex-marido dela também não está a ligar para mim. Ninguém está a ligar-me, a não ser as pessoas que estão a ligar para tirar satisfação. 

Nesta história, como entra o nome do senhor Soto Maior?

Eu digo que o Soto não tem nada a ver com isso. Também está a rolar o nome do Bebelack só porque tirou fotografia na moto do Bebelack, estão a dizer que também já namorou com ela. Esquece isso. Não namoraram nada. 

Há relatos de que a sua amiga Líria proferiu ameaças a si. Para além destas, tem recebido de outras pessoas?

A única ameaça é só mesmo esta que ela disse que vai me matar, porque da família dela, sendo sincera, ninguém está a ligar-me. 

Temos informações que também passou os áudios a um jovem chamado Leu Zau, com quem manteve contacto a madrugada…

Deixa aqui relembrar, acho que sim, mas não foi ele quem fez isso.

Acha que sim ou tem a certeza?

Não mandei. Eu me lembro muito bem.

Quem enviou os áudios  à Líria Vanessa?

Eu mandei durante a semana passada, porque ela estava a tentar fazer ameaças, eu disse que era inocente. Peguei todos os áudios, falei, ouve…  o teu próprio ex-marido é quem me explicou tudo.  Peguei todos os áudios e mandei para ela. Depois de dois ou  três dias, os áudios vazaram…

Está a circular informações da suposta morte de Líria Vanessa vítima de acidente. Domina esta informação?

Não sei explicar nada disso, porque se fosse mesmo verdade, alguém poderia ligar-me.

Não tenho notícias delas. Se na verdade fosse mesmo a minha amiga, já poderíamos tomar nota. Olha, enquanto este assunto não morrer, sempre vai haver muitas informações. Até foram retirar vídeos pornográficos com moças parecidas com ela, mas não é ela.

Como tem sido a reacção da sua família, uma vez que a Georgina está envolvida nesta polémica?

A minha mãe está mesmo super-preocupada, estou a garantir-lhe que não vai acontecer nada. A minha família praticamente está calma. 

Ainda mantém contacto com a Líria?

Gostaria muito para lhe dar alguma ajuda nessa hora difícil, mas infelizmente não tenho. 

Qual foi a última vez que manteve contacto com ela?

Foi há uma ou duas semanas, mas ela não me deu tanto tempo, só que depois eu desisti porque ela não quis falar comigo.

Uma mensagem para a população que está acompanhar este assunto.

Peço, por favor, deixem de falar coisas que não têm nada a ver, porque vocês não sabem o quanto isto está a fazer estrago. Só peço mesmo que deixem de divulgar imagens. Já está a rolar aí um vídeo com a cara dos modelos, até a agência vai sofrer danos. Por favor, vocês não sabem, não têm noção do problema que teria, mas graças a Deus não vou ter!

Uma mensagem à Líria Vanessa…

Líria, minha amiga, você sempre será uma lenda para mim. Mesmo você não querer falar comigo, eu não tenho mágoa contra ti. Isto tudo que está acontecer não é por minha culpa  e eu não sei como é que as coisas chegaram a este ponto. Eu amo-te muito você sabe muito bem disso. Eu não me canso de dizer. (Momento de silêncio e  Georgina começa a chorar pela terceira vez)…

Eu amo-te muito, sempre fui protegida por ti,  como se fosse a tua primogénita, mas eu não sei o que dizer. Eu só quero estar bem contigo, embora que  as pessoas falem, apontem-nos dedos, mas quem deixa de ser amiga de alguém é porque nunca foi, mas eu sou sempre sua amiga, você sempre será uma lenda para mim. Em dois meses que eu fiquei contigo eu pude conhecer muitas coisas… 

Comentários do Facebook

Leave a reply