“SEM OS NOSSOS IRMÃOS, NINGUÉM VAI AO JULGAMENTO”

0
626

Os réus detidos durante a manifestação de sábado, em Luanda, rejeitam entrar para a sala de julgamento sem que os outros membros do grupo estejam no interior do tribunal.

De acordo com Lourenço Soares, um dos réus, os oficiais alegam não haver espaço que permita o distanciamento, por isso parte do grupo teve de ficar na viatura estacionado fora do tribunal, ainda sob custódia dos Serviços Prisionais.

Neste momento, os detidos aguardam na garagem do Palácio Dona Ana Joaquina, e estão a receber orientações dos respectivos advogados.

A sessão de julgamento sumário, que teve início na tarde de ontem, foi remarcada para hoje, às 9 horas. São, no total, 103 cidadãos acusados de arruaça e desacato à autoridade.

Comentários do Facebook

Leave a reply