SIC detém jornalista Carlos Alberto: Em cumprimento ao mandado de captura emitido pelo Tribunal da Comarca de Luanda

0
557

O Serviço de Investigação Criminal (SIC) executou, finalmente, o mandado de captura que a juíza da 6.ª Secção da Sala de Crimes Comuns do Tribunal da Comarca de Luanda, Josina Falcão, emitiu no dia 14 de Setembro. A captura do jornalista e director do portal A Denúncia, Carlos Alberto, ocorreu hoje, dia 29.

Oliveira Ferraz

O jornal ‘O Crime’ anunciou, em primeira mão, no último domingo, dia 24, que existe um mandado de captura contra o jornalista Carlos Alberto por, entre outros, não concluir de cumprir consecutivamente, a cada 10 dias, o pedido de desculpas ao ex-procurador-geral da República, Mouta Liz, por difamação, denúncia caluniosa e abuso da liberdade de imprensa.

A sentença do Tribunal determinou que o jornalista Carlos Alberto utilizasse o portal A Denúncia e a sua página no Facebook para esse fim.

Após 15 dias, o SIC executou finalmente o mandado de captura contra o jornalista Carlos Alberto, que, segundo fontes do SIC-Geral, se encontra neste momento detido na cela de uma das unidades da Polícia Nacional, para posteriormente ser transferido para a Cadeia Central de Luanda (CCL) ou Comarca de Viana, onde deverá cumprir a pena.

A prisão foi anunciada pelo próprio Carlos Alberto na sua página no Facebook. “Sirvo-me da presente via para anunciar à comunidade nacional e internacional que neste momento estou detido em cumprimento de um mandado de captura ilegal, por supostamente ter faltado à uma audiência de julgamento, sem ter justificado a falta, quando nunca tomámos conhecimento disso”, anunciou.

Na informação publicada no seu Facebook , Carlos Alberto avança que, tal como prometeu, cumpriu a ordem de prisão sem apresentar nenhuma resistência. Seguidamente, ele elogia o profissionalismo dos agentes actuantes do SIC, que lhe terão dado a oportunidade de anunciar a sua detenção no Facebook antes de ser levado.

Em actualização…

Comentários do Facebook

Leave a reply